Belém, Belém

passei um verão bagunçando a cidade
tentando escapar do ocidente e da colonialidade
depondo como um deportado
aguentando o baque
tanta gente plantada no chão
e belém, e belém, e belém

lá pro tauá eu disse que ia
a ana laíde está lá me esperando

você é uma menina bem aristocrata
não me venha com encontros pra depois da chuva às 4!
amores de primeira instância na praça do carmo
só se fores um insensível, meu deus
e o talco, paysandu, glicerina

faltei com a menina de icoaraci
e ela ficou lá me esperando

e agora o tom de anti-assenhoramento:
vamos detonar nossos brancos e os moínhos de vento
tanta gente vai dar aí no norte, terra do futuro
e os seus pistoleiros vão pra
castelo dos sonhos, égua égua, puta só

belém, minha querida, um dia, se eu volto,
será que você vai estar lá me esperando?

*
pra ana laíde e sérgio

(arrastão de:
gilberto gil, aníbal quijano e lovin’ spoonful)

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com